O que é Diesel e Biodiesel e qual é a diferença entre eles?

Enquanto o Diesel ou gasóleo é um óleo derivado da destilação do petróleo bruto (Não Renovável), o Biodiesel é um combustível biodegradável, derivado de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais.

O Biodiesel é feito para ser usado em motores Diesel padrão e, portanto, distinto dos óleos vegetais.

Ele pode substituir total ou parcialmente o óleo Diesel derivado de petróleo em motores de caminhões, ônibus, tratores, camionetes, automóveis, etc., ou estacionários (geradores de eletricidade, calor, etc.).

O Biodiesel pode ser usado puro ou misturado ao Diesel (derivado de petróleo), assim comumente conhecido como “Diesel”.

Assim, o nome Biodiesel muitas vezes é confundido com a mistura Diesel + Biodiesel, disponível nos postos de combustível.

Atualmente, por questões ambientais, em diversos países, a quantidade de Biodiesel tem aumentado a cada ano na mistura de Diesel (+ Biodiesel)

Acompanhando o movimento mundial, o Brasil dirigiu sua atenção no final da década de 1990 aos projetos destinados à pesquisa do biodiesel.

No entanto, foi a partir do lançamento do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB), em dezembro de 2004, pelo Governo Federal, que o biodiesel avançou significativamente, tornando-se um valioso instrumento de geração de riqueza e inclusão social.

Portanto, quando você compra Diesel nos postos de combustível do Brasil, na realidade, você está comprando uma MISTURA de Diesel + Biodiesel.

A designação correta para a mistura vendida nestes postos deve ser precedida pela letra B (do inglês Blend).

Neste caso, a mistura de 2% de biodiesel ao diesel de petróleo é chamada de B2 e assim sucessivamente, até o Biodiesel puro, denominado B100.

Em março de 2021, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) anunciou que a mistura obrigatória de Biodiesel no diesel passou a ser 13%, segundo a resolução 16 de 2018.

Porém, é preciso destacar que o volume da adição, aprovado pela ANP, seria de até 15% no Diesel vendido ao consumidor final.

No entanto, no final de 2021, houve um retrocesso para aqueles que defendem o meio ambiente, pois foi decidido pela manutenção do teor de 10% de biodiesel no diesel para todo o ano de 2022, gerando forte reação de integrantes do setor, que afirmaram que a medida destrói o programa e dá sinais contrários aos compromissos da COP26.

De qualquer forma, a tendência para os próximos anos é seguir à da última década, quando sucessivos aumentos de Biodiesel fizeram aumentar a esperança dos defensores dos combustíveis renováveis, um caminho sem volta na defesa do nosso planeta.

Portanto, a Mistura Diesel + Biodiesel é ótimo para a natureza, mas como a mistura fica mais instável quanto mais Biodiesel é adicionado a ela, não basta comprar este combustível e armazená-lo até a sua queima, se fazem necessários cuidados específicos (BOAS PRÁTICAS),  para que este combustível não estrague e comprometa o bom funcionamento dos motores, trazendo diversos prejuízos para quem desconhece este fatos.

Quer saber mais sobre como cuidar adequadamente do seu Diesel?

Leia este artigo sobre BOAS PRÁTICAS e entre em contato conosco.